13ª LEGISLATURA

2001 - 2004

13ª legislatura: a última com quinze cadeiras

A mais conturbada legislatura de toda a história do Legislativo foi a 13ª, iniciada em 2001, marcada também por ter sido a última com uma composição de 15 cadeiras. A animosidade política entre a presidência da Câmara e o prefeito municipal foi a tônica dos três primeiros anos, com direito a abertura de Comissão Processante (CP), que pedia a cassação do chefe do Executivo. Foram tempos difíceis não só para os políticos envolvidos, mas principalmente para a cidade, que não conseguiu avançar em seu desenvolvimento.

Na Câmara, por conta desse embate, chegou-se até mesmo a afastar os vereadores que eram considerados aliados do prefeito.

Outro ponto que merece registro foi a eleição do presidente Karim Moussa, que aproveitando-se de um dispositivo no texto, antecipou sua eleição em seis meses, para assumir somente no ano seguinte.

Também foi a legislatura que registrou o maior número de suplentes na condição de titulares: foram oito no total.

A disputa eleitoral para compor a Câmara foi a mais acirrada da história política de Mairiporã: dez dos eleitos obtiveram entre 400 e 474 votos, enquanto os outros cinco entre 329 e 384. Nunca as diferenças foram tão pequenas, o que valeu também para os suplentes.

As bancadas ficaram assim constituídas: PFL (2), PTB (2), PSD (2), PSDB (2), PPS (2), PMDB (2), PSB (1), PT (1) e PST (1).

Foi a primeira e única vez que o PT conseguiu eleger um vereador.

Texto produzido por Wagner Azevedo

PRESIDENTE:
Adilson Jacob Miziara (2001/2002) e Abdul Karim Nagib Moussa (2003/2004).

VICE-PRESIDENTE:
Nicola Perez Neto (2001/2002) e Julio Ruiz (2003/2004)

1º SECRETÁRIO:

João Ferreira Lopes (2001/2002) e Sebastião Soares de Loiola (2003/2004)

2º SECRETÁRIO:

Donato Antonio Mozzelli (2001/2002) e João Avelino (2003/2004)

Presidentes da Legislatura

TODOS OS VEREADORES ELEITOS

Oswaldo Pisaneschi (PFL) – 474 votos (1,62%)

Maria Francisca Boralli (PSB) – 461 votos (1,57%)

Abdul Karim N. Moussa (PTB) – 455 votos (1,55%)

João Ferreira Lopes (PSD) – 449 votos (1,53%)

Oswaldo Loureiro Filho (PT) – 431 votos (1,47%)

Antônio S. Neto (PMDB) – 425 votos (1,45%)

Sebastião Soares Loiolla (PST) – 422 votos (1,44%)

Donato A. Mozzelli (PMDB) – 420 votos (1,43%)

Ana Maria G. Tellian (PSD) – 416 votos (1,42%)

Mário Romeiro (PSDB) – 400 votos (1,37%)

Nicola Peres Neto (PTB) – 384 votos (1,31%)

João Avelino (PSDB) – 371 votos (1,27%)

Carlos Augusto Forti (PPS) – 357 votos (1,22%)

Adilson Jacob Miziara (PFL) – 341 votos (1,16%)

Glauco T. S. Costa (PPS) – 329 votos (1,12%)

 

Francisco de Assis Alves de Souza (suplente)

Jefferson Luiz da Silva (suplente)

João Rodrigues da Cunha (suplente)

José Correia da Silva Neto (suplente)

José Damião de Oliveira (suplente)

Júlio Ruiz (suplente)

Lúcia Mella Naf (suplente)

Luiz de Freitas (suplente)

 

Skip to content